Sábado, 21 de Janeiro de 2006

Impressões televisivas

#1#

Há dias, no programa televisivo Praça de Alegria, o compadre Vicêncio, personagem de Guilherme Leite, que costuma comentar certas notícias dos jornais, afirmou ter assistido a uma dessas reportagens sobre a campanha onde uma velhinha afirmava ir votar num dos candidatos porque dos outros, quatro já tinham sido presos. O compadre aproveitou, e muito bem, para esclarecer essa e outras velhinhas que eventualmente estivessem a ver o programa, que esses candidatos tinham sido encarcerados não por passarem cheques carecas, roubarem ou matarem, mas por defenderem o direito à liberdade de expressão entre outros, que a velhinha quando entrevistada pôde manifestar. Esqueceu-se talvez de dizer que não foram quatro os candidatos a estar na prisão, mas apenas dois.

#2#

Hoje, no Jornal da Tarde, emitiram uma reportagem sobre a acção da Associação Abraço junto dos seropositivos e doentes com SIDA. Para além de terem reforçado a minha grande admiração por essas pessoas, chocou-me o facto de até esses voluntários necessitarem de tapar a cara e disfarçar a voz para não serem reconhecidos, isto porque a ignorância e o desconhecimento continuam a prevalecer numa sociedade que faz repesálias mesmo a quem se dedica à missão mais nobre de ajudar os outros em troca de nada. Uma das senhoras, por exemplo, que auxiliava dois doentes como uma mãe, pediu para não ser filmada por temer sofrer represálias no emprego que tinha lá fora.
................................................................................................................................

Alguma coisa está errada neste nosso país se velhinhas continuam a ser manipuladas como há 30 anos atrás, se pessoas que mais não fazem do que ajudar aos outros podem sofrer represálias por esse acto. Onde está o esclarecimento? Porque é não se aproveitam as novelas, por exemplo, para esclarecer as pessoas? Porque é que se continua a pactuar com a ignorância e com a discriminação? Porque é que se continua a semear o pânico em vez de se esclarecer? E porque é que o ser humano continua a rejeitar e a temer tudo aquilo que lhe soa a diferente?
Eu sei que não é fácil lutar contra certas mentalidades, mas é possível só que dá trabalho, é preciso algum esforço, insistência e paciência e talvez seja justamente isso que falta.
publicado por impressoesdigitais às 15:19
link do post | comentar | favorito
|

Impressões

anonimacto

aveiro

avó

comédia da vida

dúvidas e mudanças

episódios

famílias de hoje

felinas

grandes portugueses

impressões poéticas

mercado negro

natal

novas oportunidades

novo ciclo

poesia

poéticas

prémios

referendo

reflexões

teatro

televisão

viagens

todas as tags

Patrocínio

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Impressões sobre casament...

Impressões sobre casament...

Impressões sobre um selo

Impressões sobre mudanças...

Impressões sobre 2008

Impressões natalícias

Impressões sobre outra ma...

Impressões sobre novos de...

Impressões teatrais

Impressões sobre "A Coméd...

links

Impressões solidárias

Carolina

arquivos

Agosto 2010

Dezembro 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Runas
blogs SAPO

subscrever feeds