Segunda-feira, 12 de Junho de 2006

Impressões sobre nacionalidade

Imaginem que iam na rua e um indivíduo vos roubava a carteira por esticão. Imaginem o incómodo: cancelar cartões multibanco, cheques, pedir segundas vias de documentos. Agora imaginem que se dirigem à Conservatória do Registo Civil e não vos passam outro Bilhete de Identidade.

Este é o drama da Sylvie, uma mulher de 30 anos, filha de uma portuguesa, com avós portugueses que desde que se conhece vive em Portugal, mas teve o azar de nascer na França, dos pais se terem casado na Sérvia e nunca terem transcrito o casamento em Portugal, da mãe ter falecido quando ela tinha poucos meses de idade e do pai a ter abandonado deixando-a ao cuidado dos avós maternos, sem nunca ter tratado de legalizar a existência da Sylvie.

Só quando chegou a altura de ingressar na escola primária é que o avô tratou das questões burocráticas. Com grandes dificuldades, conseguiu que ela tivesse uma certidão de nascimento na qual alguém carimbou ESTRANGEIRA, uma palavra que havia de condicionar a vida desta cidadã portuguesa para sempre.

Há seis anos que Sylvie luta para que a reconheçam como cidadã portuguesa. Há seis anos que Sylvie ficou impossibilitada de ter um passe social, de tirar a carta de condução, de ter um cartão de utente (quando sofre de uma doença crónica que lhe daria isenção no pagamento de taxas moderadoras), não pode abrir uma conta bancária, não pode alugar uma casa, não pode casar e está desempregada.

E depois nós vemos na nossa selecção um jogador de futebol a quem deram a cidadania portuguesa quase num estalar de dedos e outros casos semelhantes e a esta mulher roubaram a vida há seis anos.

Leia a história da Sylvie aqui: Identidade Desconhecida.

 

 

publicado por impressoesdigitais às 22:11
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De saltapocinhas a 12 de Junho de 2006 às 22:58
eu vou ler a história da Sylvie apesar de estar zangada conigo: entraste num teatro e não avisaste! isso faz-se?? eu não conheço nenhuma artista, ia ser a primeira artista que eu conheceria pessoalmente, pediria um autografo, essas coisas :-((
Grrrrrrr, estou de mal contigo!!
De Rosa a 12 de Junho de 2006 às 23:10
Eu já li. Realmente faz-nos pensar...
E há muitas "Sylvies" por aí.
E há muitos que apesar de terem BI vivem como se não existissem... Enfim...

Comentar post

Impressões

anonimacto

aveiro

avó

comédia da vida

dúvidas e mudanças

episódios

famílias de hoje

felinas

grandes portugueses

impressões poéticas

mercado negro

natal

novas oportunidades

novo ciclo

poesia

poéticas

prémios

referendo

reflexões

teatro

televisão

viagens

todas as tags

Patrocínio

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Impressões sobre casament...

Impressões sobre casament...

Impressões sobre um selo

Impressões sobre mudanças...

Impressões sobre 2008

Impressões natalícias

Impressões sobre outra ma...

Impressões sobre novos de...

Impressões teatrais

Impressões sobre "A Coméd...

links

Impressões solidárias

Carolina

arquivos

Agosto 2010

Dezembro 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Runas
blogs SAPO

subscrever feeds