Sábado, 16 de Dezembro de 2006

Impressões sobre o Natal

Tenho muitas coisas para deixar aqui. Impressões, por exemplo, sobre o meu primeiro fim-de-semana completamente sozinha, sobre a minha profissão ou sobre o meu passeio de hoje em Lisboa, mas deixarei essas impressões para outra altura. Neste momento apetece-me falar sobre o Natal e como toda a gente sabe, o mais importante para se referir nesta época são as prendas!

Ora bem, enquanto via hoje umas montras, lembrei-me que já há muitos natais que não me oferecem prendas de jeito. Pois bem, deixemo-nos de espiritualidades e pensamentos lindos sobre o que interessa é dar e não receber. Tretas! Estou farta de dar... este ano quero receber. Por isso deixo aqui publicamente que este ano não quero pijamas, chinelos, cuecas, camisolas feias, cachecóis e luvas que eu não uso e outros acessórios desse tipo que me costumam oferecer todos os Natais (excepção para as notinhas dos avós e para os livros da querida D. L. que são sempre bem-vindos).

E faço hoje o que já não fazia há muitos anos: escrevo uma carta para os meus queridos pais e mães natais.

Sigamos como é de praxe.

 

Querido Pai Natal:

Eu este ano portei-me muito bem. Fui uma menina bem-comportada, executei as minhas tarefas com profissionalismo e pratiquei várias boas acções. Por isso, Pai Natal este ano eu quero que me tragas:

  • um monitor novo para o computador
  • um telemóvel novo (pode ser aquele Motorola muito giro da Vodafone que está em promoção (o de 120 euros é mais giro, mas o de 70 também serve)
  • o novo cd do Rodrigo Leão (vá lá para eu não ter que ir "pedir emprestado")
  • um frasco do meu perfume favorito
  • umas notitas para ver se eu compro umas farpelas novas
  • aqueles cortadores jeitosos e uns moldes em silicone para as minhas aventuras criativas com o fimo e o biscuit

Como vês não te peço muita coisa, nem nada muito complicado para tu arranjares, como uma colocação boa, ganhar o euromilhões ou qualquer outro desejo mais íntimo que não está ao  teu alcance. E, como já sei como tu funcionas, sei que uma das prendas tu me vais dar de certeza e para as outras até me podes dar o dinheiro, mas, sabes como eu sou, acabarei por não as comprar.

Obrigada desde já. Faz boa viagem das lojas para a minha casa. 

publicado por impressoesdigitais às 23:52
link do post | comentar | favorito
|

Impressões

anonimacto

aveiro

avó

comédia da vida

dúvidas e mudanças

episódios

famílias de hoje

felinas

grandes portugueses

impressões poéticas

mercado negro

natal

novas oportunidades

novo ciclo

poesia

poéticas

prémios

referendo

reflexões

teatro

televisão

viagens

todas as tags

Patrocínio

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Impressões sobre casament...

Impressões sobre casament...

Impressões sobre um selo

Impressões sobre mudanças...

Impressões sobre 2008

Impressões natalícias

Impressões sobre outra ma...

Impressões sobre novos de...

Impressões teatrais

Impressões sobre "A Coméd...

links

Impressões solidárias

Carolina

arquivos

Agosto 2010

Dezembro 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Runas
blogs SAPO

subscrever feeds