Terça-feira, 1 de Maio de 2007

Impressões sobre novas oportunidades

Toda a gente já ouviu falar do programa Novas Oportunidades lançado pelo Governo. A campanha tem sido alvo de críticas e, em parte, com algum sentido. Mas, a ideia central até é bastante interessante: valorizar  e certificar aquilo que se aprendeu ao longo da vida. Claro que isto também é uma forma de tapar os olhos à União Europeia e melhorar as estatísticas, mas no que diz respeito à minha experiência pessoal, já vejo alguns benefícios. É que os meus pais inscreveram-se no programa e eu tenho estado a ajudá-los.

Entre o entusiasmo da minha mãe e as "resmunguices" do meu pai consegui já que fizessem alguns progressos: já mexem no computador! A minha mãe anda entusiasmada. Quando me apanha fora do escritório, senta-se sozinha à frente do computador e tecla a tecla põe-se a escrever.

O meu pai é um aluno muito interessante. Tira imensos apontamentos e é divertidíssimo vê-lo a agarrar no rato com aquela mão de dedos grossos e acostumados a coisas duras e não delicadas como o rato do computador.

 

Impressões:
publicado por impressoesdigitais às 21:47
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De foryou a 1 de Maio de 2007 às 22:43
Que valha para alguma coisa sem que seja apenas para subir estatisticas.

E desejo bons progressos a teus pais :)
De saltapocinhas a 3 de Maio de 2007 às 21:04
até eu estou a pensar inscrever-me!
com tanta experiencia de vida quero, no mínimo, um doutoramento!
mas pronto, é a 1ª vez que ouço falar dum aspecto positivo!
De Mário Silva a 27 de Julho de 2007 às 10:55
É um processo interessante, mas só ajuda quem tem dinheiro.
Muita gente acaba por desistir ao fim de 2 ou 3 sessões, pois todo o trabalho feito em casa (e não é pouco) deve ser feito em computador e imprimido, e a necessidade de consulta à internet é constante.
Ora, nem toda as pessoas tem capacidade de ter um computador em casa nem de manter uma impressora. Para os que não têm computador, o conselho foi o de pedirem a um amigo que os deixe usar o seu, o que não é nada prático visto que os trabalhos são na maioria das vezes feitos à noite e a horas impróprias.
Logo chego à conclusão que a possibilidade que as pessoas que vivem longe das grandes cidades, onde o ensino nocturno não existe, continuam a não ter a oportunidade de conseguir a escolaridade obrigatória (9º Ano) através das Novas Oportunidades. Continuam, portanto, em desvantagem na luta pelo mercado de trabalho.
Podem-me argumentar que estas pessoas que não estudaram não devem estar em pé de igualdade com quem passou anos a estudar, mas temos de ter em conta que este é um processo para quem tem idade avançada. A minha esposa, por exemplo, já ultrapassou os 40 anos e a escolaridade obrigatória na altura era o 6º ano, logo só estudou até ao que era obrigada para ter uma formação académica que lhe permitisse conseguir um emprego. Os mais velhos só têm o 4ª ano, pois a mais não eram obrigados.
Todos estes casos (que abrangem milhões de portugueses) estão a ser penalizados pelas alterações que ocorreram no sistema de ensino após terem deixado de estudar. Não têm culpa do que os Governos da altura e posteriores fizeram, e é para acabar com estas injustiças que foi criado o Processo Novas Oportunidaes , mas, pelos motivos aqui expostos, continua a haver dois Portugais , um com oportunidade de justiça, o outro sem...
De Paulo Batista a 9 de Março de 2008 às 22:22
É muito bom dar uma nova oportunidade a quem precisa, mas será justo para quem teve de estudar tanto ou para quem estuda em regime nocturno com todos os inconvenientes que isso carrega?
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

É muito bom dar uma nova oportunidade a quem precisa, mas será justo para quem teve de estudar tanto ou para quem estuda em regime nocturno com todos os inconvenientes que isso carrega? <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>http</A> :/ ideiasolta.blogs.sapo.pt / <BR>

Comentar post

Impressões

anonimacto

aveiro

avó

comédia da vida

dúvidas e mudanças

episódios

famílias de hoje

felinas

grandes portugueses

impressões poéticas

mercado negro

natal

novas oportunidades

novo ciclo

poesia

poéticas

prémios

referendo

reflexões

teatro

televisão

viagens

todas as tags

Patrocínio

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Impressões sobre casament...

Impressões sobre casament...

Impressões sobre um selo

Impressões sobre mudanças...

Impressões sobre 2008

Impressões natalícias

Impressões sobre outra ma...

Impressões sobre novos de...

Impressões teatrais

Impressões sobre "A Coméd...

links

Impressões solidárias

Carolina

arquivos

Agosto 2010

Dezembro 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Runas
blogs SAPO

subscrever feeds